quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Diabo

Diabo

No Alentejo um casal de alentejanos enquanto passeavam começam a trocar impressões, vira-se o
homem para a mulher:

-Ó comadre! Como é que a gente há-de saber quando as mulheres andam de maré?

Responde-lhe a mulher:

-Olhe compadre, sabe como é? É quando elas levam os beiços secos, como eu levo agora.

Nisto o compadre vira-se e diz:

-Desça do burro abaixo e vamos para ali para trás que ninguém nos vê, que eu trato-lhe disso.

Ela desceu e lá foram para trás do pinhal dar uma cambalhota.
Meteram-se novamente ao caminho, mas mais a frente diz a comadre para o compadre:

-Ai, compadre já levo os meus beiços secos outra vez.

O compadre não vai de meias medidas e diz-lhe:

-Ó comadre, salte do burro abaixo.

E lá foram outra vez para trás de um pinhal dar uma cambalhota.
Tornaram ao caminho, mais a frente diz a comadre:

-Ai compadre, já levo os meus beiços secos outra vez.
Nisto vira-se o compadre e diz:

-Ó comadre! Então o Diabo que te monte, que já não posso.


                                                                 


                                                                           





















































Sem comentários:

Publicar um comentário

Anterior  photo rsz_feed-compressor-compressor_zpsf7904c18.png  photo rsz_feed-compressor-compressor_zpsf7904c18.png