terça-feira, 18 de novembro de 2014

Escola

Escola

Um dia o Pai do Antoninho vai a escola pedir desculpa a professora, das obscenidades que o 

filho tinha dito na escola. A professora, condescendente, aceita as desculpas e diz 
despreocupadamente:

-Não tem importância. São crianças. Não se faz caso.

E diz o Pai:

-São crianças, minha senhora? Ele é criança, mas já tem um pau quase como o meu.
Tendo em conta o disparate que o Pai do Antoninho havia dito, vem a Mãe a escola pedir desculpa 

da frase infeliz do marido. E a professora, bondosa:

-Ora deixe lá. São velhos. É da idade, não se faz caso.

E vira-se a Mãe e diz:

-São velhos, diz a senhora? Ele é velho mas ainda esta noite quase que não me deixou dormir, 
toda a noite encavalitado em cima de mim. Foram três, daquelas valentes, como se tivesse vinte 
e cinco anos.
                                                                 


                                                                           






































Sem comentários:

Publicar um comentário

Anterior  photo rsz_feed-compressor-compressor_zpsf7904c18.png  photo rsz_feed-compressor-compressor_zpsf7904c18.png